© 2023 Diogo Navarro Naddeo

Cinema de Terreiro

Client:

Pedro Caribé

Gestão de Projeto: Átila Naddeo
Arquitetura da informação, design de interfaces e frontend: Diogo Navarro Naddeo
Programação backend e frontend: Matheus Loureiro

Acervo virtual composto por +7500 fotografias, áudios e vídeos do acervo de Luiz Orlando: salvaguarda e memória do cinema negro brasileiro.

Entendimento

Desenvolver um acervo virtual não é uma tarefa simples. Por isso, realizamos uma sessão de kickoff envolvendo toda a equipe do projeto e os stakeholders. Dessa forma, conseguimos entender qual era a necessidade dos stakeholders, bem como as barreiras que enfrentaríamos e o ferramental que precisaríamos para a concepção da interface.
O desafio que enfrentamos foi criar uma interface intuitiva para que os usuários externos pudessem ter acesso aos arquivos e, também para os usuários internos, responsáveis pela alimentação e virtualização do acervo.

Definição de tecnologia e arquitetura

Após o entendimento, partimos para as definições das tecnologias utilizadas no desenvolvimento e arquitetura do portal. Nesta etapa, validamos com os stakeholders a modelagem do banco de dados, a arquitetura de informação do portal, e passamos para eles as definições do servidor que precisaríamos ter para o projeto.

Prototipação: baixa e alta fidelidade

Após a definição e validação da arquitetura do acervo, que envolveu a estruturação do menu e, posteriormente, a categorização do acervo, iniciamos a prototipação da a interface. Primeiro criamos e validamos wireframes. Posteriormente, elaboramos e validamos protótipos em alta fidelidade.

Implementação

Nesta etapa atuei como frontend, tanto na criação das páginas estáticas como também nas páginas dinâmicas e exibição de acervo. Por fim, ao entregar a interface para os stakeholders, criamos tutoriais para gestão e atualização do conteúdo, cobrindo todas as especificidades de gestão de cada uma das sessões da interface.